Uber anuncia início de cadastro de motoristas em Prudente

Conseguir dinheiro ao toque de um botão. É o que promete a empresa Uber, alvo de discórdia entre taxistas, motoristas autônomos e Prefeituras de várias cidades do país. Nessa terça-feira (6), a plataforma abriu cadastro de interessados em Presidente Prudente. Recentemente, vereadores debateram possíveis medidas para barrar a instalação do sistema de transporte na cidade.

De acordo com a empresa, já são mais de 500 mil motoristas cadastrados em todo o Brasil. Os interessados podem dirigir seus próprios carros, um carro de outra pessoa ou mesmo um veículo alugado.

No Estado de São Paulo, a Uber já opera em outras cidades como Ribeirão Preto, Campinas e São José do Rio Preto.

Alvo de investigação
Recentemente, a Uber foi alvo de investigação por esconder o vazamento de dados de milhares de clientes, que fornecem informações pessoais, como cartão de crédito, CPF, entre outros.

"A Uber utiliza a tecnologia para ocultar os números de telefone de usuários e motoristas, pois as informações de contato são confidenciais. Dessa forma, todas informações pessoais ficam protegidas mesmo quando o motorista entra em contato com os usuários", promete a empresa.

Pode barrar
Em fevereiro do ano passado, taxistas e membros do Sindicato dos Taxistas Autônomos, Caminhoneiros Autônomos e Transportadores Autônomos de Passageiros discutiram o assunto na Câmara Municipal de Prudente.

O encontro resultou na aprovação de um requerimento pedindo ao Executivo para elaborar uma proposta de sua iniciativa que proíba o uso de carros particulares para o transporte remunerado de pessoas no município. O requerimento assinado por todos os parlamentares menciona que esta matéria é de iniciativa exclusiva do Poder Executivo.

Até o momento, o Executivo não deu indícios de apresentar proposta sobre a regulamentação do serviço na cidade.

As informações são do Portal Prudentino.

Notícias Relacionadas